16/09 - 16 de Setembro – Dia do Cliente
  • O cidadão também é um cliente… do poder público, então como dica da Eduneb para este dia do cliente:

    O ELO DA GESTÃO DEMOCRÁTICA

    A educação pública participando da comunidade e encarando os pais e estudantes como clientes do Estado, no sentido de promover a eficiência na gestão pública escolar.

    Leia mais...
15/09 - VII – JOINPE Jornada de Incentivo á Pesquisa Extensão
  • O Núcleo de Pesquisa e Extensão (Nupe) do Departamento de Ciências Humanas (DCH) do Campus I da UNEB, em Salvador, promoverá entre os dias 17 e 18 de setembro, no Auditório Jurandyr de Oliveira, na unidade, a VII Jornada de Incentivo à Pesquisa e Extensão (JOInPE).

    A iniciativa que tem como tema “Pesquisa, Extensão e Ensino: Conhecer e Transformar” tem o objetivo de fortalecer os espaços de discussão coletiva e institucionalizar uma dinâmica de divulgação e promoção das atividades de pesquisa e extensão no DCH.

    O evento é aberto ao público e reserva em sua programação palestras e apresentações de trabalhos. As inscrições são gratuitas.

    A Eduneb estará presente com estande de exposição de livros.

    Leia mais...
11/09 - CÚPULA DA ABDL, ABEU, ANL e CBL ASSINAM COMPROMISSO PARA O MERCADO DE LIVROS
  • No último dia 25 de agosto, logo após a Convenção da ANL (Associação Nacional de Livrarias), que ocorreu entre os dias 18 e 20 do mesmo mês, e com a participação da diretora da Eduneb, professora Nadja Nunes, os presidentes da ABDL (Associação Brasileira de Difusão do Livro), da ABEU (Associação Brasileira das Editoras Universitárias), da CBL (Câmara Brasileira do Livro) e da ANL assinaram um compromisso de trabalhar junto ao Estado e a sociedade em favor de algumas metas que vão beneficiar a cultura do livro e da leitura no Brasil.

    Dentre as metas estabelecidas está o incentivo ao VALE LIVRO, parte da Lei do Livro e do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) que ainda aguarda regulamentação. Propõe-se também um processo de descentralização das livrarias, que possibilitaria a abertura de pequenas livrarias em cidades mais distantes dos grandes centros. Isso combinado com um programa de preço justo que permitisse a competitividade dos pequenos frente às grandes redes. “O livro é estratégico para o desenvolvimento do cidadão e da nação, portanto deve ter um tratamento especial na legislação brasileira.” Cita o documento.

    Compreende-se também a importância de tornar o Brasil um exportador de livros e de direitos autorais, pois no momento somos mais importadores. E no espírito dos avanços tecnológicos, o documento propõe a discussão de mecanismos legais que protejam a criação autoral dentro do mercado digital, cuja inegável expansão precisa ser atendida, inclusive também para o acesso de deficientes visuais a livros usando-se de tecnologias digitais.

    Enfim, para tornar o Brasil um país de leitores é preciso maiores esforços legais e estratégicos que valorizem a criação, produção, distribuição e comercialização de livros.

    Leia mais...
10/09 - Lançamento da Revista Canudos Vol.1 nº9 na Livraria Cultura dia 17/09 às 19 hrs.
09/09 - Mais Ler nº 3 – Entrevista com Elly Ramos.

Perfil do Autor

Autora de Escola para que te quero?,  Maria Elvira Scolaro é professora na UNEB há[...]

O professor Dante Galeffi, organizador do livro “Epistemologia, construção e difusão do conhecimento: perspectivas em[...]




Galeria

photo photo photo photo photo

Livros em destaque